Notícias

 



Notícias relacionadas a Cidade de Itajaí ou região.



Voltar a página das notícias!

Descrição da Notícia

Conheça o trabalho do Horto Municipal
Flores plantadas e cultivadas no local embelezam Itajaí

Em um terreno de 3.400 m², na Rua Vereador Abílio Otávio do Canto, no bairro Ressacada, o Horto Municipal de Itajaí Padre Raulino Reitz sedia um trabalho silencioso. Com um portal de madeira simples na entrada, um muro baixo pintado de cal e protegido por uma cerca de arames, a discrição do local contrasta com a beleza e o colorido daquilo que fornece para as floreiras dos postes e canteiros do Município de Itajaí: suas flores como as Boca de Leão, Dália Anã e Tagetes.

O coordenador do Horto, Marcos Aurélio Gonçalves explica que sete pessoas se dedicam durante todo o expediente ao trabalho de cultivar as mudas e que apenas neste mês sairão de lá mais 25 mil flores para embelezar Itajaí. Mas se engana o visitante que procura encontrar o colorido dos canteiros no local. Com exceção da Caliandra Vermelha plantada na entrada e de outras espécies de arborização, as flores são plantadas para desabrocharem nos canteiros da cidade. Angeli Schmitt Reinhardt, engenheira agrônoma há 17 anos no horto, comenta que “se as mudas estão floridas aqui, é porque algo não está certo”. Gonçalves complementa ao reforçar que a função do Horto Municipal é fornecer as flores para os espaços públicos e não diretamente à população.

Em sua grande maioria, as flores no Município de Itajaí provêm de sementes cultivadas no local. Entre a semeadura e o plantio nos espaços públicos, o processo dura cerca de dois meses, dependendo da espécie e da estação do ano. Angeli Reinhardt explica que o primeiro processo é na estufa com as sementeiras. Da semeadura, após nascerem o segundo par das folhas definitivas, as mudas estão prontas para o processo chamado de repicagem que é o plantio feito planta por planta em pequenos sacos pretos individuais.

Os sacos são preenchidos com uma terra especialmente preparada, chamada de substrato. Para formar o substrato é preciso misturar e peneirar barro, cinzas de casca de arroz, adubo orgânico e químico. Durante esta etapa, as flores passam pelo processo de endurecimento, isso significa dar maior resistência às flores para as diferentes condições de clima nos canteiros das ruas. Além do cuidadoso processo, as sementes compradas pelo Município de Itajaí são específicas para a arborização urbana. “Nossas sementes são importadas, desenvolvidas em laboratórios nos Estados Unidos e na Europa. Elas são mais compactas e florescem mais rápido. Além de serem adaptadas para suportar diferentes variações de climáticas.”, esclarece a engenheira agrônoma.

Além do plantio de sementes, as flores dos canteiros do Município de Itajaí também são provenientes de outras duas técnicas: os plugs de flores comprados, que são mudas já crescidas e já próximas da etapa de plantio na rua; e de estaquia, em que são retirados galhos das plantas para formarem novas flores.

O Horto Municipal de Itajaí Padre Raulino Reitz trabalha de segunda à sexta, das 7h30 às 12h e das 13h30 às 17h30. A produção de mudas do órgão é exclusiva para as floreiras dos postes, canteiros e espaços públicos do Município de Itajaí.