Notícias

 



Notícias relacionadas a Cidade de Itajaí ou região.



Voltar a página das notícias!

Descrição da Notícia

Município capacita profissionais de saúde para abordar sexualidade nas escolas
Projeto trabalha temas como autoestima, valorização do corpo, sentimentos da adolescência, relacionamentos, perspectiva de futuro, entre outros

Médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem e agentes comunitários de saúde do município foram capacitados para abordar a sexualidade nas escolas. O treinamento tem como objetivo apresentar estratégias e materiais para que os profissionais de saúde possam trabalhar o assunto em sala de aula. A ação tem parceria com a Secretaria de Educação.

Participaram do encerramento da capacitação, nesta sexta-feira (18), servidores das unidades de saúde da Fazenda, Nossa Senhora das Graças, São Vicente, Praia Brava, Itaipava, Rio Bonito, Murta e Cidade Nova II, que já estão realizando trabalhos em escolas municipais. O grupo relatou a experiência com os alunos durante os meses de capacitação, as dificuldades e os aprendizados.

“Foi uma experiência muito rica, porque fazíamos algumas ações sobre sexualidade, porém não havia um espaço específico para trabalhar esse assunto nas escolas. Os alunos foram muito receptivos e foi um trabalho que toda equipe participou”, conta a médica da Estratégia Saúde da Família da Fazenda, Maria Elisabeth Corrêa Farias.

O treinamento faz parte do Projeto Sexualidade nas Escolas, desenvolvido pela Gerência de IST/AIDS/HV do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde. A ação orienta os profissionais para abordar oito temas com os adolescentes: valorização do corpo, autoestima, sentimentos da adolescência, relacionamentos afetivos, cuidados com o corpo, mídia, perspectiva de futuro e sexualidade.

“Estudos mostram que informações corretas sobre corpo e sexualidade tornam as crianças e os adolescentes menos vulneráveis ao abuso sexual, às infecções sexualmente transmissíveis e à gravidez precoce, além de facilitar a busca por ajuda e esclarecimentos”, explicam a pedagoga Edna dos Santos Carvalho Laverde e a psicóloga Micaela Silveira, que desenvolvem o Projeto Sexualidade nas Escolas.