No ar desde 15/02/2000 - Obrigado pela sua visita -


Agenda
Amigos Virtuais
Aniversário
Balcão de Empregos
Cartão Postal
Charadas
Classificados
Clientes
Colunistas
Curiosidades
Eleições
Enigmas
Eventos
Fotos
Guia Eletrônico
Ilusão de Ótica
Livraria Papa-Siri
Mágicas
Noticias
Piadas/Lazer
Receitas

Fale conosco
 
 
 
 


 

 


www.itajaionline.com.br - 10/01/17 -------- clique aqui para ler a coluna anterior

Crônica 334 - Desafios da aposentadoria

A maratona da vida leva ao momento da chegada. Era um momento importante para quem trabalhou durante mais de 40 anos e atingiu a marca dos 65 anos de idade. Alguns se aposentaram ainda aos 50 anos de idade com muita energia produtiva, mas com grande estresse pelos serviços prestados. Nesse momento, a preparação para uma nova etapa é indispensável, pois o fato de durante longos anos ter se ocupado com compromissos e, a partir de então, ficar livre dos horários de trabalho pode afetar o equilíbrio emocional de forma prejudicial, gerando sentimento de velhice, de inutilidade e prejudicando a autoestima.

Atualmente, com o novo sistema do INSS que se diz igual para todos (não para os governantes e seu séquito), a aposentadoria - para quem já trabalha há muito anos - só acontecerá lá pelos 75 anos de vida e alguns só a alcançarão acima dos 90. Será que vale a pena continuar a contribuir? Pensar numa poupança pode ser mais seguro.

Qualidade de vida e bem-estar não se resumem a apenas ter boa saúde física e financeira. Os aspectos físicos, emocionais, sociais e espirituais são dimensões inter-relacionadas, devendo haver integração, equilíbrio e harmonia entre elas.

O aposentado, já com idade avançada, pode aproveitar o tempo livre com projetos criativos, participação em eventos culturais, atividades físicas, convivência familiar e social harmoniosa, de forma a alcançar um novo estilo de vida.

A aposentadoria não deve ser vista como um fim, mas como o início de uma nova vida. Valorizar o viver e ter consciência da rapidez com que a vida passa são atitudes que estimulam buscar, a cada dia, o prazer de desfrutar um estilo de vida saudável.

O Brasil possui hoje um pouco mais de 20 milhões de aposentados e, até 2020, poderá chegar a 25 milhões. Na cidade de Balneário Camboriú estima-se que vivem mais de 25 mil aposentados (20% da população). Em 2050, a população de idosos do planeta poderá chegar a mais de dois bilhões. É um grande contingente de juventude acumulada, que tem muito a contribuir para a sociedade. São os Baby Boomers*.

The Beatles, Rolling Stones, Pink Floyd, Gilberto Gil, Chico Buarque, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Pelé, e outros de grande destaque são expoentes que vieram dessa época e fazem parte do grande contingente de valores humanos. Os baby boomers surgiram de uma grande explosão social, após a segunda guerra mundial, que fizeram a diferença na revolução social cultural. Com a nova lei passaremos a ter os bisavôs boomers, que enfrentarão um desafio maior de um plano de vida frustrado por força da lei que penaliza quem tanto contribuiu com seu labor, a duras penas,

O aposentado se realizará à medida que descobrir a nova maneira de viver e de agir. A oportunidade de ajudar aos outros, de passar a sabedoria às novas gerações, de prestar ainda grandes serviços à humanidade poderá lhe dar o prazer de uma valorosa realização. Assim, você afastará do seu vocabulário o nome de doenças e, principalmente, da impotência sexual. Se você acredita que pode e quer, você pode e vai fazer acontecer pois agora, mais do que nunca, depende de você.

Aula de Psicanálise Bioniana dias 13 e 14.
Matrículas abertas para nova turma 2017

Antonio Lopes
Psicanalista Didata
Professor e Coordenador do Curso de Psicanálise

(47) 9923 4913 (TIM) / 2125 4913 (res.). / 9914 1145

antonio@psicanalisesc.com.br virgilia.sandra@hotmail.com - www.psicanalisesc.com.br
– facebook instituto idego – youtube instituto idego – google instituto idego
facebook.com/Instituto-IdEgo



 




© inaugurado em 15/02/2000. Todos os direitos reservados. - Itajai On Line