No ar desde 15/02/2000 - Obrigado pela sua visita -


Agenda
Amigos Virtuais
Aniversário
Balcão de Empregos
Cartão Postal
Charadas
Classificados
Clientes
Colunistas
Curiosidades
Eleições
Enigmas
Eventos
Fotos
Guia Eletrônico
Ilusão de Ótica
Livraria Papa-Siri
Mágicas
Noticias
Piadas/Lazer
Receitas

Fale conosco
 
 
 
 


 

Divirta-se, diariamente novas piadas para você !!

Do show Um Piauiense no Rio de Janeiro. Uma Grande Piauiada '. Dizem que um Piauiense
foi ao Rio tentar a vida. Desavisado, entrou na linha férrea e foi andando, até ser atropelado por um trem. Foi para o hospital, foi tratado e recebeu alta. Só que ficou um pouco traumatizado com o ocorrido. Acabou preso num Shopping Center, acusado de destruir um Ferrorama, enquanto berrava:
- Essa desgraça a gente tem que matar de pequeno!

 

Um pesquisador fez um levantamento a nível nacional para saber as coisas que o homem
brasileiro mais gostava. Em todos os cantos do pais a resposta era uma só:
- Dinheiro e mulher!
Em todos os estados da federação, os homens respondiam de pronto:
"dinheiro e mulher".
Quase ao final da pesquisa, ele encontrou um mineirinho do interior sentado de cócoras a beira da estrada pitando um cigarro de palha.
- Bom dia. O mineirinho deu uma tragada, cuspiu de lado e respondeu: "dia, sô."
- Estou fazendo uma pesquisa para saber as coisas que o homem brasileiro mais gosta. O senhor pode me respoder? O mineirinho deu mais uma tragada e mais uma cuspida:
- Uai, sô. As coisa que o homi mais gosta eh "dinheiro, muieh e bicho de peh".
O pesquisador, estranhando a inclusão do item "bicho de pé" na resposta, perguntou:
- Olha, todo mundo falou dinheiro e mulher. Mas e bicho de pé?
Mais uma tragada e mais uma cuspidinha, o mineirinho retrucou:
- Uai, sô. Que que a dianta nóis ter dinheiro e mulher se o "bicho" não tiver de pé?

 
O mineiro observando o engenheiro com o teodolito.
- dotor, pra que serve esse treco ai' ?
- e' que vamos passar uma estrada por aqui. estou fazendo as medições.
- e precisa desse negócio pra fazê a estrada?
- sim, precisa. por quê, voces nao usam isso pra fazer estradas não?
- ah não home. aqui quando a gente que' fazê uma estrada, a gente sorta um burro e vai seguindo ele. por onde o bicho passa', e' o mio' caminho pra se faze a estrada...
- ahh, que interessante, respondeu o engenheiro. e se vocês nao tiverem o burro?
- bem, daí a gente chama us engenhero...
 

O fazendeiro estava pagando trezentos reais pra quem conseguisse pegar a onça que tava
comendo os bezerros da fazenda. Apresentou-se um compadre pobre e foi se oferecendo pro serviço. Magrinho, sandalia japonesa, chapéu de palha, la foi ele fazenda a dentro. Certa hora deu de cara com a pintada. Danou-se a correr, e a onça atrás. O fazendeirao tava sentado na varanda quando o compadre pobre chegou correndo e perseguido pelo felino. Por sorte, na hora que a onça deu o bote, ele tropeçou numa pedra e caiu. A onça voou por cima e caiu no terreiro, bem em frente a porta do fazendeiro. Ai o caçador de onça gritou:
- Segura essa ai, compadre, que eu vou buscar outra!

 


 




© inaugurado em 15/02/2000. Todos os direitos reservados. - Itajai On Line