No ar desde 15/02/2000 - Obrigado pela sua visita -


Agenda
Amigos Virtuais
Aniversário
Balcão de Empregos
Cartão Postal
Charadas
Classificados
Clientes
Colunistas
Curiosidades
Eleições
Enigmas
Eventos
Fotos
Guia Eletrônico
Ilusão de Ótica
Livraria Papa-Siri
Mágicas
Noticias
Piadas/Lazer
Receitas

Fale conosco
 
 
 
 


 

Divirta-se, diariamente novas piadas para você !!

Numa viagem de comboio ia um velhinho sentado e à sua frente ia um casal de namorados na brincadeira. O rapaz apertava o nariz da namorada e perguntava:
- Dói amorzinho?
- Dói sim. - respondeu ela.
- E então ele deu um beijo no nariz da rapariga e perguntou:
- E agora?
- Agora passou.
- Passados alguns instantes ele apertou a bochecha da garota e pergunta:
- Dói?
- Dói sim.
Então ele deu-lhe um beijo na bochecha e pergunta:
- E agora?
Agora já passou.
E continuaram naquela vida até que o velho que ia à frente deles já cansado daquilo, diz:
- Ouve lá, ó boquinha de anjo... curas hemorróidas?

 


Um empresário esta no seu leito de morte e o seu sócio encontra-se ao seu lado. Ele acorda pela ultima vez, vê o seu triste sócio e vê obrigado a confessar:
- "Agora você deve saber quem fez sumir o dinheiro do nosso ultimo negocio: fui eu. E os fundos dos nossos clientes do ano passado ... eu trasferi para a minha conta na Suíça. Mas o pior vem agora: eu fui amante da sua mulher."E o sócio, procurando despreocupar o empresário:
- "Deixa isto tudo para lá. Para seu consolo, o veneno na sua sopa de ontem ... fui eu!"

 

·Com muito sacrifício, uma família bem pobre do Interior conseguiu juntar dinheiro e mandou a filha para uma escola na Capital.
Passados alguns meses,ela voltou para sua casa com um carro novo, jóias, casacos de pele. Sua mãe ficou espantada:
- Minha filha, você foi para a cidade grande sem nada, só com uma mão na frente e outra atras. Como conseguiu tudo isso?
- Fácil, mamãe. Foi só tirar a mão da frente!

 

Os bons ventos do fim do preconceito racial já começam a soprar motorista de um ônibus, por exemplo, decretou em seu terminal:
"Aqui não tem mais essa divisão de brancos e negros.
Para mim, são todos Verdes!" Aplausos gerais do povão. Ao abrir a porta, no entanto, ele foi brecando um grupo de passageiros:
- Perai, gente. Primeiro os verde-claros.

 


 




© inaugurado em 15/02/2000. Todos os direitos reservados. - Itajai On Line