arraste para o lado para ver mais fotos
Antonio Lopes - Crônica 397 - Proatividade

Quando se procura emprego em função executiva, a proatividade é pré-requisito obrigatório. A habilidade de antecipar uma ação ou problema é o diferencial de uma pessoa que a torna capaz de estimular produtividade em equipe. A proatividade é uma competência que pode ser desenvolvida, com grandes benefícios ao indivíduo que a praticar, tanto na vida profissional quanto na vida pessoal.

Proatividade é o comportamento de antecipação e responsabilidade sobre determinada ação, escolha, resolução de um desafio: é iniciativa e coragem de tomar decisões. O comportamento proativo facilita a identificação antecipada de situações ou problemas que possam surgir no dia a dia, numa relação pessoal, amorosa ou no trabalho. São características que podem ser desenvolvidas quando se busca aprender a fazer a diferença e transformar situações difíceis a seu favor. É treinar para aprimorar a autoconfiança, buscando habilidades para enxergar além de uma situação e não esperar ordens para executar uma tarefa.

A pessoa proativa apresenta resultados além do esperado, é prático na solução de problemas, busca otimizar seu tempo. Não foca no problema, mas, sim, na solução; é comprometido, responsável e determinado. Diante de situações variadas se dedica a fazer somente o que realmente importa. Não perde tempo com “coisinhas” e com negatividades que se apresentam no meio em que está inserido, não dando trela às fofocas e comentários que não levam a nada.

Quando estamos dirigindo, não temos controle sobre os outros motoristas, poças de óleo na pista e buracos no asfalto, mas controlamos o próprio veículo. Isso, à primeira vista, parece bastante óbvio, mas vamos pensar um pouco e veremos que isso não é tão trivial assim. É sempre mais fácil apontar para os defeitos e para as circunstâncias do que assumir responsabilidades.

Na próxima vez em que reclamar dos outros ou da falta de sorte, experimente esse exercício simples: escreva em um papel cinco coisas para fazer que podem estar sob seu controle. Daí, escolha uma e a ponha em prática. Acredite sempre que as coisas que você não pode controlar também podem agir a seu favor! O proativo não pensa na sorte, mas sim na competência.

A frase “há males que vêm pra bem” é bem conhecida. Para alguns que nunca tenham vivenciado algo que pudesse explicar como indesejado, inconveniente, incômodo, contra as expectativas e desejos ou simplesmente negativo, acabou em resultado extremamente positivo. A vontade de controlar tudo à nossa volta vem do Ego que, não quer que absolutamente nada dê errado ou ocorra diferente do esperado. Podemos controlar o que nos cabe como responsabilidade e não o que não nos pertencente. A chave do sucesso está em entender a diferença!



Crônica anterior        /         Página inicial         /        Crônica seguinte




Diversos 11 meses